Ayurveda

O Mundo como Reflexo da Mente

No último domingo assisti mais um aula sobre as Quatro Nobres Verdades, no Centro Budista Kadampa Compaixão. Em um momento da aula o monge Kelsang Drime nos falou como o mundo que experienciamos é fruto da nossa mente, através de um exemplo bastante interessante. Ele nos mostrou um livro e perguntou: “O que vocês estão vendo?”. Claro que todos responderam: “Um livro”. Ele continuou: “Se neste momento um cachorro entrasse na sala, o que ele veria? E uma traça? O cachorro talvez visse um brinquedo ou não visse nada. A traça talvez pensasse: oba comida!”

Parece meio doido, não?

Bem, alguns dias depois, ouvindo rádio, escutei por acasao (ou não…) uma música da Carol King de 1971, intitulada “Beautiful“. A primeira frase logo chamou minha atenção e imediatamente eu lembrei das palavras do monge. E é bastante interessante que a artista relata que a música surgiu naturalmente, enquanto andava no metro de Nova York, quando ela se deu conta de que sua percepção dos outros era um reflexo dela mesmo.

A letra diz mais ou menos assim:

Você deve acordar toda manhã com um sorriso no rosto
E mostrar ao mundo todo amor em seu coração
Então as pessoas vão tratá-lo melhor
Você irá descobrir que você é tão maravilhoso quanto se sente.
 Esperando na estação depois de um dia de trabalho
Eu não tenho nada para fazer, a não ser olhar as pessoas que passam
Espelhado em seus rostos vejo brotar a frustração
Eles não veem, então por que eu vejo?
Frequentemente me pergunto a razão da tristeza
Num mundo onde lágrimas são canções de ninar
Se há alguma resposta, talvez o amor possa por fim a esta loucura
Talvez não, mas podemos ao menos tentar.

E então, como você vai escolher ver o mundo hoje?

3 comentários em “O Mundo como Reflexo da Mente

    1. No Ayurveda, os alimentos devem ser escolhidos em função de sua natureza (sabor, energia e efeito pós digestivo) e da constituição de cada indivíduo, e também da capacidade digestiva.
      O trigo é um alimento de sabor doce e de energia fria. Isso o torna pesado e de difícil digestão. Assim, não é adequado a pessoas de natureza e/ou desequilíbrio Kapha.
      É um alimento bom para Pitta e Vata. Este último, contudo, tende a ter a digestão fraca ou irregular, e portanto deve buscar estimulá-la ao consumir alimentos mais pesados. Um dica é utilizar o gengibre em conjunto com o consumo de trigo.
      O Ayurveda não proíbe ou condena diretamente e de modo absoluto o consumo de trigo ou glúten.
      De qualquer modo, como todo alimento, deve ser consumido com bom senso, de modo adequado e sem exageros.
      Pessoas que tenham sido diagnosticadas como celíacas devem, contudo, evitar o consumo de glúten.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s