Ayurveda · Yoga

Você sabe respirar?

Estranha pergunta… Todos nós respiramos, caso contrário morremos. Então sabemos respirar, certo?

Mais ou menos…

Nós falamos e cantamos, mas não necessariamente cantamos bem. Andamos e corremos, mas nem todos somos capazes de correr bem. Com a respiração também é assim. Todos nós respiramos, mas na maioria das vezes não fazemos da melhor maneira. Especialmente por ser um ato natural e involuntário, não damos a devida atenção.

De modo simplificado, a respiração consiste em inspirar, levando o ar externo rico em oxigênio até os pulmões, e expirar, expulsando o ar rico em gás carbônico, esvaziando os pulmões (veja mais sobre respiração).

Mas este processo mecânico pode ser feito de várias formas, algumas mais eficientes, outras nem tanto, e com vários objetivos.

Faça o seguinte exercício:

  • Feche os olhos e leve sua atenção ao processo de respirar.
  • Procure observar os movimentos do seu corpo, na região do tórax, costas e do abdômen.
  • Não faça força e não interfira. Apenas observe.
  • Sua respiração é curta e superficial? É longa e profunda?
  • Qual parte do corpo se expande na inspiração e qual se contrai na expiração? O abdômen? As costelas? A região próxima dos ombros?

Se esta é a primeira vez que você faz este exercício, parabéns! Você acaba de conhecer a sua respiração!

Já podemos perceber então que a respiração poderá acontecer de vários modos, sendo curta ou longa, e diferentes partes do corpo. Neste exercício você experimentou a sua respiração natural, como em geral acontece durante o sono. Mas ela muda em função da nossa condição e esforço físico e também de nosso estado emocional. Quando estamos cansados, por exemplo, respiramos mais rapidamente. Quando estamos ansiosos nossa respiração tende a ser mais superficial, rápida e irregular.

Assim como outras funções do corpo, a respiração também pode ser trabalhada, exercitada e melhorada. E com isso não só o corpo se beneficia, mas também a mente e as emoções, porque os movimentos da nossa mente estão fortemente relacionados aos movimentos da nossa respiração.

Faça mais um teste: expire e em seguida faça uma respiração profunda, somente pelo nariz, procurando sugar o máximo de ar, como se você estivesse sentido seu aroma preferido. O que aconteceu com seu abdômen? Encolheu? Então sinto muito, mas sua respiração não foi profunda, foi “rasa”, pois ao encolher a barriga seu pulmão não consegue expandir completamente. Ficou com dúvida? Veja o artigo sobre como funciona a respiração.

Se observarmos nossos pulmões, veremos que seu formato é piramidal, sendo mais largos na base, próximo ao abdômen, e mais estreitos no topo, próximo a região clavicular. Então parece claro supor que a região inferior possui maior capacidade e armazena mais ar, se comparada ao topo. Mas na maioria das vezes não temos consciência deste fato e nem controle suficiente de modo a usar nossa capacidade pulmonar de modo mais eficiente, preenchendo todo o pulmão e não apenas somente (ou prioritariamente) a parte de cima ou de baixo.

Esta consciência ou controle é obtido por meio de execícios, e existem várias técnicas propostas para trabalhar a respiração, com base em diferente abordagens e objetivos.

Dentro do Yoga, a respiração tem grande importância, pois é uma das formas mais simples e diretas de trabalhar o prana, ou energia vital. E isto é o foco principal dos Pranayamas.

É importante conhecermos e exercitarmos a respiração, de modo que possamos tirar o melhor proveito deste processo fundamental para nossa existência, entendendo seus efeitos no nosso corpo, nossas emoções e nossa mente.

Um ser humano respira em média 15 vezes por minuto, totalizando cerca de 21.600 vezes em um dia! Então se você respirar de modo errado, está cometendo um mesmo erro milhares de vezes em um único dia! Pense nisso…

Aprenda a respirar! Respirando melhor, vivemos melhor, com mais saúde, vigor e disposição.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s